O ponto alto deste roteiro é a cachoeira do Cabuçu, com cerca de 10 metros de altura, que desce sobre enorme rocha, verdadeiro escorregador, e forma uma grande piscina natural. No caminho para chegar a ela, é preciso atravessar córregos de águas cristalinas.

Belezas naturais

Árvores de grande porte fazem a demarcação do caminho, que oferece variedade de plantas e flores nativas, além de aves e outros animais de pequeno porte. Para os pesquisadores da fauna e da flora, a Trilha do Rio de Areia é o mapa da mina. O percurso margeia águas claras, rasas e transparentes, formando pequenas enseadas, onde é comum encontrar pegadas de animais, em meio a uma profusão de samambaias, trepadeiras e bromélias.

História

A fazenda é uma referência histórica para a Baixada Santista. No período de colonização, o lugar serviu de abrigo à Companhia de Jesus, que ali montou um posto de catequese para os índios. Na primeira metade do século passado, a região foi ocupada por grandes plantações de banana, cuja produção era transportada por vagonetes até as proximidades do Rio Cabuçu, e dali, por meio de barcos, até o Mercado Municipal de Santos.