Notícias

28/ 01/ 2017

Comtur agora tem a palavra final para projeto com verba Dade

Todos os projetos a serem viabilizados com a verba do DadeTur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos) terão, agora, que ser aprovados pelo Conselho Municipal de Turismo (Comtur). O anúncio foi feito quarta-feira (25), durante a 116ª reunião ordinária, na qual tomaram posse 38 integrantes do conselho, entre titulares e suplentes.
        
“Essa exigência aumenta a responsabilidade dos integrantes do conselho, mas, ao final de dois anos, vocês terão orgulho de fazer parte do Comtur”, frisou o secretário de Turismo, Rafael Leal, eleito por aclamação presidente do conselho para os próximos dois anos. Conforme adiantou, há cerca de R$ 30 milhões de verba contingenciada para projetos. A necessidade de dedliberação do Comtur consta da lei estadual nº 6.283, de 15 de dezembro do ano passado.
 
Após aprovação do novo Regimento Interno, que criou a vice-presidência, foi escolhido para o cargo, também por unanimidade, José Lopez Rodriguez, vice-presidente do Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares (SinHoRes). Além do caráter deliberativo, outra alteração no conselho refere-se ao regime paritário – 10 representantes do governo e 10 representantes da sociedade civil, com os respectivos suplentes.
 
Integrantes
Integram o conselho representantes dos seguintes órgãos: Gabinete do Prefeito; secretarias de Turismo, Comunicação, Cultura, Desenvolvimento Urbano, Esportes, Infraestrutura e Edificações e Meio Ambiente; Agem; Skal Clube; Codesp; ETEC Aristóteles Ferreira; Sindicato do Comércio Varejista; Sindicato Estadual dos Guias de Tuiruismo; SinHoRes, e Santos e Região Conventioin & Visitors Bureau. O Sebrae, que também integrará o Comtur, terá seus representantes nomeados nas próximas semanas. A próxima reunião do conselho será no dia 23 de fevereiro.