07
ago

A Orquestra Pré-clássica

A música clássica conectará as cidades de Santos e Belo Horizonte neste sábado (7). Após um ano e meio longe dos palcos, Luis Gustavo Petri, maestro da Orquestra Sinfônica Municipal de Santos (OSMS), assume a regência da Filarmônica de Minas Gerais para a apresentação ‘A Orquestra Pré-clássica’. Com início às 18h, o concerto integra a programação do ‘Fora de Série’, projeto do grupo mineiro que neste ano aborda a evolução das orquestras ao longo de quatro séculos em nove exibições, e poderá ser visto em link do YouTube.

Com solos de Philip Hansen (violoncelo) e Rommel Fernandes (violino) e regência de Petri, o programa da noite traz as peças ‘Abertura Zemira’, composta por Nunes Garcia; ‘Sinfonia concertante para violino e violoncelo em lá maior’, de J.C. Bach; ‘Sinfonia no 1 em Ré maior, G. 490’, de Boccherini; ‘Orfeu e Eurídice: Abertura, Dança dos espíritos abençoados e Dança das fúrias’, de Gluck e a Sinfonia no 7 em Dó maior, Hob. I: 7, ‘A Tarde’, de Haydn.