Hideout Speakeasy

Prepare-se para se aventurar em um lugar que não tem placa na fachada e cujas portas ficam fechadas. Literalmente.

  

Mas basta empurrá-las (elas não ficam trancadas) para você descobrir um lugar inspirado nos antigos bares clandestinos da época da Lei Seca norte-americana, quando era proibido vender e consumir bebidas alcoólicas.

 

Speakeasy era o nome desses bares, que burlavam a lei. No Hideout, até as redes sociais são privadas – é preciso ser aceito. Mas, se você gosta de apreciar uma boa bebida, preparada no capricho, estará no lugar certo.

  

Sabe o Negroni, uma alquimia de sucesso há 100 anos? Ele é o destaque da casa, com nada menos que oito versões. Tem até com café! Os aficcionados de James Bond vão adorar o Dry Martini – batido, não mexido. Quer mais básico? Pois tem Rabo de Galo com roupa de festa...

  

E há carta de vinhos e orgânicos franceses, além de cervejas selecionadas pela sommelière e um menu secreto de coquetéis, sempre com novidades. As comidinhas também são superdiferentes.

  

No Hideout, você pode até imitar os filmes de Hollywwod, sentando junto ao balcão para conversar com o barmen. E nada de timidez, se você está só – isso é mais do que comum por aqui.