02
fev
29
mai

José Bonifácio de Andrada e Silva, cientista: Pesquisador em Química e Mineralogia

A exposição "José Bonifácio de Andrada e Silva, cientista: Pesquisador em Química e Mineralogia”, na Casa do Trem Bélico de Santos (Rua Tiro Onze, 11, Centro Histórico), é um mergulho profundo na história de um dos personagens mais relevantes da história do Brasil, decisivo na Independência do País. A atração é gratuita e está aberta ao público, de terça a domingo, das 11h às 17h.

A mostra traça uma linha do tempo na vida do Patriarca como cientista de destaque mundial nas pesquisas químicas e mineralógicas. Cabe lembrar que Bonifácio é o único brasileiro a ter o nome ligado a trabalhos que resultaram na descoberta de um elemento da tabela periódica.

A exposição exibe 39 amostras de minerais, sendo que quatro são de minerais descobertos por José Bonifácio em 1800, quando participava de expedições científicas na Europa. Destas quatro amostras, dois minerais descobertos por ele (espodumênio e petalita) foram utilizados em 1817 para o isolamento do lítio.

Em 1863, por exemplo, um cientista da área da mineralogia deu o nome a um novo mineral de ‘Andradita’, em homenagem a Bonifácio, colocando o Patriarca definitivamente no seleto grupo de grandes cientistas.