Sabor

Tags:

Nos diversos bairros da cidade, entre o Centro Histórico e a orla, o turista poderá saborear diversos segmentos gastronômicos, desde a gastronomia internacional, passando pelos tradicionais carrinhos de churros e pastéis, até o primeiro Restaurante-Escola da cidade, além de outros que também servem o prato oficial da cidade: A Meca Santista.

 

Santos dá água na boca!

Experimente!

Food Market

Inaugurado no início de 2020 no imóvel onde funcionou o Cine Praia Palace (1966- início dos anos 1990), o Food Market, em 1.250m², o melhor da gastronomia local. São mais de 20 opções, entre com casas de massas; comida oriental, latina, vegana e brasileira; burgers; carne na brasa; crepes e sorveteria; cafeteria e uma cervejaria local; bar, loja de presentes e muito mais.

Rua Gastronômica

A Rua Gastronômica, localizada no Gonzaga, trecho de 400 metros da Rua Tolentino Filgueiras, entre as avenidas Ana Costa e Washington Luís, reúne não apenas 15 estabelecimentos de diferentes ramos alimentícios, mas também cuidados e uma decoração que a diferencia das demais da cidade. Tem até semáforo temático para pedestre, na confluência com a Ana Costa, com formas diferenciadas nos conjuntos focais.

Restaurante-escola Estação Bistrô

No térreo da Estação do Valongo funciona o Estação Bistrô, o primeiro restaurante-escola do litoral paulista. O piso original, com dois tipos de ladrilho hidráulico, foi descoberto em 2003, durante as obras de revitalização do imóvel. Aberto ao público em 5 de junho de 2012, o restaurante-escola é voltado à qualificação de jovens em estado de vulnerabilidade social no ramo de Alimentos & Bebidas.

Paru - Comida de rua do mar

O segundo restaurante, em Santos, do chef Dario Costa (o primeiro é o Madê), vencedor da última edição do reality Mestre do Sabor, vem com uma proposta diferente e conta até com um açougue do mar, onde se pode comprar itens para terminar o preparo em casa. Instalado no Mercado de Peixes da Ponta da Praia, inaugurado em 17 de julho de 2020, o Paru é uma espécie de lanchonete de frutos do mar, com comida informal e cardápio enxuto, baseado em sanduíches (tem até hot dog, mas de salsicha de frutos do mar), porções, peixes e frutos do mar na brasa.

Ah! Nem pense em pedir salmão ou bacalhau. O restaurante não serve peixes que viajaram de avião para chegar a Santos – todos os itens são de águas brasileiras e, na maioria das vezes, oriundos da pesca artesanal da região mesmo. E quase 100% dos legumes e verduras são orgânicos, procedentes de agricultura familiar.

Uma grande parrilha e uma churrasqueira fechada são os astros desta cozinha. No cardápio pra lá de especial, nigiri de peixe do dia (típico oriental), ostras (o Paru tem aquário próprio), Frito di Mare, Tuna Katsu (comida havaiana típica de rua, preparada com atum), Tuna Burger (blend de partes de atum) e, entre outros, o Na Brasa, montado com um tipo ou mix de peixes e frutos do mar, à escolha do cliente. Para entrar no clima, comece pedindo uma porção de linguiça do mar aperitivo. Quer levar a experiência pra casa? Então não deixe de passar no Açougue do Mar.